Meu joelho “estala”, o que pode ser?

Tempo de leitura: 3 minutos

category

As causas do estalo no joelho

 

O estalo no joelho, assim como nas articulações, na maioria das vezes acontece em razão do atrito que ocorre entre os ossos que formam a articulação.

 

De um modo geral, o estalo no joelho não indica nenhum problema sério, de modo que não há motivos para preocupações.

 

Porém, se os estalos são constantes, talvez seja um indicativo de que você precise fortalecer a musculatura das coxas e pernas através de sessões de fisioterapia.

 

Confira neste artigo as principais causas do estalo no joelho e veja qual desses motivos pode estar contribuindo para seu caso. Confira!

Peso acima do ideal

O excesso de peso faz com que os joelhos tenham que suportar uma carga bem acima do que conseguem aguentar.

 

Desse modo, toda a estrutura dessa região acaba sendo afetada por essa razão, ainda mais que as articulações do joelho são instáveis, de modo que qualquer alteração brusca já é o bastante para afetar a sua estrutura.

 

Assim, o excesso de peso pode ser um fator que contribui para o estalo no joelho, além de dores ao caminhar e lesões mais sérias, dependendo do caso.

 

Inflamação da membrana

 

Outro motivo que pode causar estalo no joelho é a inflamação da membrana que envolve o joelho, chamada de sinóvia.

 

Uma das causas que desencadeia essa reação inflamatória é o esforço que a pessoa faz em exercícios físicos sem que esteja fisicamente preparada.

 

Desalinhamento do corpo

 

O corpo desalinhado, ainda que minimamente, pode causar estalo no joelho devido à um sistema de compensação que o corpo desenvolve.

 

Desse modo, toda a postura do corpo deve ser levada em consideração para identificar a causa do estalo, desde as articulações presentes na coluna vertebral, até os tornozelos.

 

Para o realinhamento do corpo, as sessões de fisioterapia são excelentes opções que oferecem resultados satisfatórios.

 

Exercícios incorretos

 

Se você faz musculação e passa por intensos treinamentos de perna, é possível que essa situação seja a causa do estalo no joelho.

 

Isso por que todos os ossos de nossa articulação, possuem um revestimento feito de cartilagem, a fim de que ossos possam se tocar entre eles diante das movimentações.

 

No entanto, se a pessoa se submete a intensos treinamentos de forma equivocada, a cartilagem vai sendo desgastada com o tempo, resultando em uma movimentação inadequada dos ossos, responsável pelo estalo no joelho.

 

Patela alterada

 

O estalo no joelho também pode estar relacionado à alguma alteração na patela, devido a diversos fatores, como envelhecimento, reações inflamatórias, pancadas, doenças, entre outros.

 

Se o joelho estiver apenas estalando, sem o acompanhando de dor ou alguma limitação nos movimentos, não há necessidade de se submeter a nenhum tratamento.

 

A melhor recomendação para esse caso é a fisioterapia, onde a pessoa será submetida a diversos exercícios para corrigir o alinhamento da patela e diminuir o incômodo causado pelo estalo no joelho.

 

Outras causas também podem estar relacionadas ao estalo no joelho, como:

  • Pancadas;
  • Condromácia patelar, problema que está relacionado à cartilagem da patela;
  • Artrose;

 

Quando devo ir ao fisioterapeuta?

 

É importante recorrer ao fisioterapeuta quando o estalo no joelho vier acompanhado de:

 

  • Dores causadas pela movimentação dos joelhos;
  • Joelho inchado ou com vermelhidão;
  • Dificuldade de realizar alguns movimentos
  • Dor ao permanecer na mesma posição por um tempo longo;

 

Se estes sintomas estiverem presentes, pode ser necessário realizar consultas de fisioterapia para corrigir o problema e aliviar os sintomas.

Desse modo, você tem todas as informações necessárias para identificar qual a causa do estalo no joelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *